Entenda a Alergia

Com um diagnóstico confirmado de alergia alimentar é normal surgirem dúvidas e preocupações no começo. Confira:

Alergia Alimentar

O que é Alergia Alimentar:

A Alergia Alimentar é o nome dado a uma reação anormal e exagerada do organismo após o consumo de determinado alimento. Substâncias presentes nos alimentos, geralmente proteínas e aditivos alimentares, que para a maioria das pessoas são “inofensivos”, passam a ser reconhecidas como uma “ameaça” pelo organismo do indivíduo alérgico, que aciona mecanismos de defesa imunológica, resultando no surgimento de inúmeros sintomas, que variam desde uma simples coceira na pele até manifestações mais sérias, podendo comprometer vários órgãos ao mesmo tempo (Reação Anafilática).

Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), estima-se que a prevalência das alergias alimentares seja em torno de 4 a 6% em crianças menores de 3 anos e 3,5% em adultos, entretanto este número tem aumentado significativamente nos últimos anos, bem como a sua duração e severidade. Cerca de 80% das reações são provocadas por um grupo de 8 alimentos: leite, ovo, soja, trigo, amendoim, castanhas, crustáceos e peixes.

A Alergia à Proteína do Leite de Vaca (APLV) é o tipo de alergia alimentar mais comum na infância, porém é cada vez mais frequente outros alimentos estarem associados a este quadro, caracterizando as Alergias Alimentares Múltiplas, como por exemplo alergia ao leite e à soja, ao leite, ao ovo e ao trigo, etc.

Neste ponto um alerta se faz muito importante: quanto maior é o número de alimentos a serem excluídos, maior deverá ser o cuidado em realizar as substituições adequadas para prevenir carências nutricionais e propiciar o crescimento e desenvolvimento adequados.

Por fim, com tantas exclusões alimentares, outra preocupação recorrente é: como proporcionar a inclusão da criança alérgica no seu meio social, com o intuito de preservar seu bem estar físico, emocional e social? Para isso, serão necessárias boas doses de paciência, informação e conscientização.

Referências

Solé D et al. Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar. Rev. bras. alerg. imunopatol. – Vol. 31, Nº 2, 2008.

cadastre-se
no site Lápis